Acordo entre União Europeia e Reino Unido pós-Brexit está longe

148
Foto : União Europeia

São Paulo, 28 de setembro de 2020 – A posição do Reino Unido sobre as relações com a União Europeia (UE) pós-Brexit está longe do que o bloco europeu pode aceitar, disse o vice-presidente da Comissão Europeia para Relações Interinstitucionais, Maros Sefcovic.

“Muitas questões difíceis permanecem e as posições do Reino Unido estão muito distantes do que a UE pode aceitar”, disse ele, após a terceira reunião do Comitê Conjunto entre UE e Reino Unido sobre a implementação efetiva do acordo do Brexit. “Ainda há muito trabalho a ser feito antes que o período de transição termine em menos de cem dias”, disse Sefcovic.

Com relação ao protocolo sobre a fronteira entre a Irlanda e a Irlanda do Norte, ele disse que a janela de oportunidade para implementar as medidas operacionais necessárias ao seu funcionamento está se fechando rapidamente.

“Portanto, reiterei a necessidade urgente de o Reino Unido acelerar seu trabalho em todos os aspectos do protocolo e, em particular, no que diz respeito aos controles sanitários e fitossanitários; sistemas informáticos alfandegários; e o registro de comerciantes da Irlanda do Norte para fins de imposto sobre valor agregado”.

Ele disse ainda que repetiu pedido para que o governo britânico retire as partes contenciosas do projeto de lei do mercado interno até ao final de setembro, uma vez que ele “constituiria uma violação gravíssima” do acordo do Brexit. “Estamos dispostos a trabalhar muito com o Reino Unido nessas questões nos próximos dias e semanas. Solicitei que a próxima reunião da respetiva Comissão Especializada se realizasse no início de outubro, o mais tardar”, concluiu.