Ações do IRB Brasil caem mais de 4% após balanço do 2T20

179
Foto divulgação: IRB Brasil Resseguros

São Paulo – As ações do IRB Brasil ficaram entre as maiores quedas do Ibovespa após a companhia apresentar resultados financeiros mais fracos do que o previsto pelo mercado no segundo trimestre. Segundo as analistas do Credit Suisse, os números levantam dúvidas sobre a “rentabilidade estrutural da empresa”, já para a Guide Investimentos, um aumento de capital pode ser necessário.

Às 16h55 (horário de Brasília), as ações da IRB Brasil (IRBR3) tinham queda de 4,13%, a R$ 7,19.

Segundo os analistas do Credit, o prejuízo líquido da companhia foi superior ao previsto, embora já fossem esperados números negativos. “Uma parte dos números já poderia ser identificado com os dados da Susep [Superintendência de Seguros Privados] de abril e maio, mas acreditamos que ainda assim o mercado deve mostrar alguma preocupação adicional”, disseram em relatório.

Para os analistas, a taxa de perda da companhia está muito alta e pode continuar pressionada por enquanto.

Já o analista da Guide Investimentos, Luís Sales, afirma que o resultado veio abaixo das expectativas, principalmente devido à elevada sinistralidade. Além disso, destaca que seus números seguem “desenquadrados com o montante mínimo de capital exigido pela Susep, sugerindo um possível aumento de capital”.