Ações da Vale têm leve queda após vendas abaixo do previsto no 3T20

258

São Paulo – As ações da Vale mostram leve baixa após a mineradora mostrar vendas de minério de ferro abaixo do previsto pelo mercado no terceiro trimestre de 2020. No entanto, analistas ainda viram dados favoráveis e esperem que a companhia mostre um balanço positivo. Às 12h31 (horário de Brasília), os papéis da Vale (VALE3) tinha queda de 0,08%, a R$ 61,93.

Para os analistas do Credit Suisse, a Vale entregou um trimestre com duas histórias diferentes, já que, de um lado, há a forte produção de minério, que acabou sendo beneficiada pela volta à atividade de algumas minas importantes e pela forte produção do Sistema Norte. Já, por outro lado, as vendas da commodity foram fracas. “A reestocagem no trimestre foi acima das nossas expectativas já que nós projetamos vendas a 80 milhões de toneladas, 7% acima do vendido”, disseram em relatório.

As vendas de minério de ferro e pelotas caíram 12,8% no terceiro trimestre frente ao mesmo período do ano passado, totalizando 74,2 milhões de toneladas, impactadas pela pandemia do coronavírus e ajuste de logística entre produção e vendas. Já a produção
da commodity subiu 2,3% na mesma comparação, para 88,68 milhões de toneladas, com recorde de produção trimestral no Sistema Norte.

No entanto, ainda esperam que os embarques da Vale acelerem para 95 a 100 milhões de toneladas no quarto trimestre, para atingir um total de cerca de 290 a 295 milhões em 2020. Já sobre a produção de minério de ferro da Vale para 2020, na faixa inferior do guidance de 310 a 330 milhões de toneladas, afirma que ainda parece alcançável, mas depende de um perfeito desempenho no quarto trimestre.

Os analistas do BTG Pactual também viram resultados mistos. “É inegável que os embarques de minério ficaram abaixo das nossas expectativas, que já eram conservadoras, vindo em 74,2 milhões de toneladas, 5% abaixo das nossas projeções e abaixo do consenso”, afirmaram em relatório. Por outro lado, também destacaram que a produção de minério no trimestre foi “bem forte”.

Os analistas ainda preveem melhora no desempenho à frente, com a mineradora preservando margem com preços melhores e o gap entre produção e embarques devendo fechar. “Apesar de sugerir que podemos ter um ajuste para baixo nos nossos números para o terceiro trimestre, não acreditamos que esses embarques menores terão impacto significante no fluxo de caixa”, reiteraram, mantendo a
recomendação de compra.