Ações da Vale e siderúrgicas sobem após recorde no preço do minério

São Paulo – As ações da Vale e de empresas do setor de siderurgia no Brasil estão entre as maiores altas do Ibovespa hoje após o preço do minério de ferro atingir sua máxima histórica.

Segundo a Genial Investimentos, a commodity abriu o dia de hoje negociada nacasa dos US$2 24/ton no mercado à vista, representando uma alta de 9,5% em relação à sexta feita.

Ainda de acordo com a Genial Investimentos, o preço do minério de ferro está refletindo a recuperação econômica da China pós-pandemia, menores volumes produzidos pelo Brasil e recente acirramento das disputas políticas entre a China e a Austrália, o que deve aumentar as incertezas da relação comercial entre ambos os países.

Os preços dos contratos futuros do minério de ferro na bolsa de Dalian, na China, também fecharam em forte alta. O preço do contrato mais negociado, com entrega para setembro de 2021, subiu 6,59%, para 1.285,0 iuanes (US$ 199,72) por tonelada, enquanto o do contrato para janeiro de 2022, que teve o segundo maior giro, avançou 7,28%, para 1.200,0 iuanes (US$ 186,50) por tonelada.

Às 10h40 (horário de Brasília) as ações da Vale (VALE3) registravam alta de 3,50%, a R$ 119,49. Já os papéis da CSN (CSNA3) avançavam 4,83%, a R$ 53,03, enquanto os papéis da Usiminas (USIM5) subiam 2,89%, a R$ 23,81 e a Gerdau (GGBR4) registrava alta de 2,06%, a R$ 37,11.