Ações da Embraer caem mais de 3% após Bradesco BBI reduzir recomendação

Foto divulgação: Embraer

São Paulo – As ações da Embraer estão entre as maiores quedas do Ibovespa depois que o Bradesco BBI reduziu a recomendação para as american depositary receipts (ADRs, recibos de ação de empresas estrangeiras negociados na Bolsa de Valores de Nova York) da companhia para “underperform” (equivalente à venda), com preço-alvo de US$ 4,00.

Segundo os analistas do BBI, “apesar da vacina para covid-19, os desafios continuam”, citando problemas como os atrasos em entregas, a falta de novos pedidos e a competição com a Airbus.

Às 13h03 (horário de Brasília), os papéis (EMBR3) tinham queda de 3,27%, para R$ 9,16. Outros papéis do setor de aviação, porém, também passaram a recuar mais hoje e estão entre as maiores quedas do índice, caso da Azul (AZUL4), que tinha baixa de 2,92%, a R$ 36,50.