Ação do IRB Brasil sobe 3% após lucro de R$ 7,5 mi em maio

Foto divulgação: IRB Brasil Resseguros

São Paulo – As ações do IRB Brasil Resseguros abriram lideram as altas do Ibovespa hoje após a companhia divulgar um lucro líquido de R$ 7,5 milhões em maio. No acumulado dos cinco primeiros meses do ano, o lucro líquido da empresa soma R$ 9,4 milhões, contra um prejuízo líquido de R$ 337,2 milhões no mesmo período de 2020.

Às 12h00 (horário de Brasília) os papéis (IRBR3) subiam 3,43%, a R$ 5,72.

O BTG Pactual destacou que a companhia registrou lucro depois de reportar um prejuízo de R$ 49 milhões em abril, mas que ainda é difícil saber o que é resultado recorrente ou não nos números.

NOVAS NORMAS DA SUSEP

Ontem, o IRB Brasil divulgou documento explicando como a Circular n634, da Superintendência de Seguros Privados (Susep), afeta os resultados da companhia. Segundo a empresa, não há impacto direto no balanço, mas efeitos positivos como uma redução de custos ao longo do tempo.

Em relatório o BTG Pactual pontua que as mudanças mais relevantes estão na revogação da necessidade da margem de liquidez (20% do Capital de Risco), sendo que a IRB poderá definir internamente mecanismo de gestão e mensuração de risco de liquidez e documentá-lo em política. E a possibilidade de redução da necessidade de cobertura das provisões técnicas dos recursos dados em garantia das operações internacionais.

“As mudanças devem ajudar a melhorar a liquidez do IRB e, consequentemente, reduzir suas despesas financeiras”, disseram os analistas do banco.