Williams, do Fed, descarta ritmo agressivo de alta de juros

15/05/2018 17:37:01

Por: Carolina Gama / Agência CMA

São Paulo – O presidente da unidade do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) de São Francisco, John Williams, disse que o ritmo de crescimento mais forte da economia dos Estados Unidos não deve alterar o ritmo de elevação da taxa de juros.

Atualmente a taxa de juros está na faixa entre 1,50% e 1,75% ao ano. O Fed prevê três elevações este ano, a primeira delas ocorrida em março. No entanto, a expansão econômica, o nível de aquecimento do mercado de trabalho e sinais de aceleração da inflação estão alimentando as expectativas de que o banco central acelere o ritmo de aperto monetário.

“Recentemente, alguns economistas e membros de bancos centrais apontaram sinais de que a taxa de juro neutra deve aumentar por uma variedade de razões”, disse Williams, referindo-se ao nível da taxa que não desacelera nem aquece a economia. “Gostaria de ser otimista assim”, acrescentou.

Williams, que este ano tem direito a voto no comitê de política monetária do Fed, continua a expressar otimismo sobre a economia, mas disse que a confiança não altera a perspectiva do banco central.

Edição: Gustavo Nicoletta (g.nicoletta@cma.com.br)

Deixar um comentário