UE retira Espanha da lista de nações com déficit excessivo

Por Gustavo Nicoletta

São Paulo – A União Europeia retirou a Espanha da lista de países com déficit orçamentário considerado excessivo – superior a 3% do Produto Interno Bruto (PIB). Os espanhóis haviam sido incluídos na lista em 2009 e eram os únicos nesta situação até agora.

(Foto Parlamento Europeu/UE)

No auge da crise econômica na Europa, em 2010 e 2011, chegaram a figurar na lista 24 países da UE.

O déficit público da Espanha caiu para 2,5% do PIB em 2018, ante 3,1% do PIB em 2017, e a União Europeia estima que neste ano a taxa deve ficar em 2,3%, encolhendo para 2,0% do PIB em 2020. A relação entre a dívida pública e o PIB da Espanha também caiu – de 98,1% em 2017 para 97,1% em 2018 – e deve atingir 95,7% em 2020.

A Espanha deveria ter corrigido a trajetória do déficit e da dívida pública até 2012. Como não conseguiu, o prazo foi adiado quatro vezes – a última delas em 2016.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com