UE abre mercado para carne bovina norte-americana

Por Carolina Gama

São Paulo – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinou um acordo que amplia o acesso da carne bovina norte-americana ao mercado europeu. O anúncio do pacto acontece em um momento no qual os produtores norte-americanos sentem o impacto negativo da escalada da disputa comercial entre Washington e Pequim.

Foto: Divulgação/ Serviço Audiovisual da União Europeia

“O acordo que estamos assinando hoje cumpre mais uma promessa feita aos grandes patriotas da agricultura norte-americana”, disse o Trump na Casa Branca ao anunciar o acordo. “Essa é mais uma vitória para os produtores dos Estados Unidos”, acrescentou.

O presidente norte-americano afirmou que, além da União Europeia, Japão, Tunísia e Austrália já derrubaram barreiras para a carne bovina produzida nos Estados Unidos. “Tudo o que queremos é um campo de competição justo”, afirmou Trump.

Os Estados Unidos e a UE chegaram ao acordo que permite a entrada de mais carne bovina norte-americana no bloco em junho. O pacto foi aprovado pelos estados membros em julho. Das 45 mil toneladas de carne bovina não tratada com hormônios permitidas na UE todos os anos, os Estados Unidos fornecerão agora 35 mil toneladas.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com