Trump volta a criticar Fed e diz EUA têm potencial para crescer com juros baixos

Por Carolina Pulice

São Paulo – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump afirmou que a economia dos Estados Unidos tem potencial para crescer mais com juros baixos, um dia antes de o Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) divulgar sua decisão de política monetária.

Federal Reserve
Prédio do Federal Reserve em Washington (Federal Reserve/Divulgação)

“Nós temos o potencial de crescer mais se diminuíssemos os juros, como um ponto, e alguma dose de afrouxamento monetário. Sim, nós estamos indo bem com um PIB de 3,2%, mas com nossa maravilhosa inflação baixa, poderíamos estabelecer novos recordes, e ao mesmo tempo, fazer nosso débito nacional começar a parecer menor”, afirmou em seu Twitter.

O comentário acontece um dia antes da decisão de política monetária do Fed, e soou como um recado aos membros da instituição. “Nosso Federal Reserve elevou a taxa de juros, apesar de a inflação estar muito baixa, e instituiu uma grande dose de aperto monetário”, ressaltou.

Atualmente, os juros estão na faixa entre 2,25% e 2,50% ao ano, patamar mantido nas duas últimas reuniões do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês), após uma alta de 0,25 ponto percentual (pp) em dezembro de 2018. Em março, o Fed reduziu a zero as projeções de aperto monetário em 2019 e reforçou sua postura paciente e dependente de dados.

Trump chegou a citar como exemplo a economia da China, dizendo que o país oferece estímulo econômico com taxa de juros baixa. “A China está adicionando estímulo a sua economia ao mesmo tempo em que mantém sua taxa de juros baixa”, afirmou.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com