Trump volta a criticar ex-chefe do FBI por caso envolvendo Rússia

18/02/2019 12:05:18

Por: Carolina Gama / Agência CMA

Federal Bureau of Investigation (FBI)/ Foto: Flickr

São Paulo – O presidente norte-americano, Donald Trump, voltou a criticar Andrew McCabe depois que o ex-vice-diretor do Federal Bureau of Investigation (FBI, na sigla em inglês) concedeu uma entrevista ontem ao programa “60 Minutes”, da CBS, sobre a possível interferência russa nas eleições de 2016.

“Uau, tantas mentiras [ditas] até agora pelo desgraçado diretor do FBI Andrew McCabe. Ele foi demitido por mentir e agora sua história é ainda mais louca. Ele e Rod Rosenstein, que foi contratado por Jeff Sessions (outra beldade), parecem estar planejando um ato muito ilegal e foram pegos…”, disse Trump no Twitter.

A declaração acontece após McCabe descrever ontem as razões pelas quais altos funcionários decidiram abrir uma investigação sobre a contra-espionagem e obstruir a investigação judicial de Trump. McCabe disse que Trump estava
falando de maneira depreciativa sobre a investigação russa, o que eles viam como uma tentativa pública de minar a investigação. Ele disse que as autoridades estavam preocupadas com as palavras do presidente.

Na entrevista, McCabe – que foi demitido em março passado – disse ainda que Trump não acreditava que a Coreia do Norte tinha realizado um teste de míssil por determinação do presidente russo, Vladimir Putin, indicando que o regime não tinha capacidade ou mísseis para realizar testes que poderiam atingir os Estados Unidos.

Segundo o ex-chefe do FBI, as autoridades de inteligência que participaram da reunião na qual Trump deu essa declaração responderam que isso não era consistente com informações que o governo norte-americano possui.

Carolina Gama / Agência CMA

Deixar um comentário