Trump volta a criticar democratas após resolução condenando suas falas

Por Carolina Pulice

São Paulo – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, voltou a criticar o partido democrata, um dia após a Câmara dos Deputados ter aprovado uma ação condenando suas publicações no Twitter por racismo.

“Os Democratas no Congresso não estão fazendo nada, nada sobre o preço das drogas, nada sobre migração, nada em infraestrutura, nada em nada. Tanta oportunidade, e mesmo assim eles estão indo “pescar”. A população norte-americana está cansada desta caça às bruxas que nunca acaba. Eles querem resultados agora”, disse em seu Twitter.

A Câmara, controlada pelo partido democrata, aprovou ontem uma resolução em que condena as publicações de Trump, que disse para quatro congressistas democratas voltarem para seus países, uma vez que não gostavam dos Estados Unidos. Além de racista, Trump foi chamado de xenófobo pela líder dos democratas na Câmara, Nancy Pelosi.

No fim de semana, Trump fez críticas indiretas a quatro deputadas democratas que têm pais que não nasceram nos Estados Unidos. Alexandria Ocasio-Cortez, de Nova York, vem de família porto-riquenha. Ilhan Omar, de Minnesota, nasceu na Somália e foi para os Estados Unidos quando criança. Rashida Tlaib de Michigan é de descendência palestina e Ayanna Pressley de Massachusetts tem origem africana.

Após ser chamado de racista e xenófobo por elas e por Pelosi, Trump voltou a publicar em sua rede social, dizendo que as congressistas radicais “de esquerda” já disseram coisas “horríveis” sobre a população de Israel. “Muitas pessoas estão bravas com elas e suas ações nojentas”, disse.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com