Trump pressiona Senado a aprovar suspensão do limite da dívida

Por Carolina Gama

São Paulo – O presidente norte-americano, Donald Trump, pressionou o Senado a aprovar a lei de gastos que determina a suspensão do limite de endividamento do governo por dois anos. A medida já foi aprovada pela Câmara dos Deputados, controlada pela oposição democrata.

Vista externa da Casa Branca (Divulgação Serviço Audiovisual da União Europeia)

“O acordo do orçamento é fenomenal para os nossos grandes militares, para nossos veteranos e para os empregos, empregos, empregos! Um acordo de dois anos nos leva além da eleição. Vamos em frente republicanos, há sempre muito tempo para o corte!”, disse Trump no Twitter.

Líderes do Congresso anunciaram um acordo na semana passada, que suspenderia o limite até 31 de julho de 2021. A Câmara aprovou o projeto quinta-feira, e espera-se que o Senado vote a medida ainda nesta semana antes de partir para o recesso de agosto. Trump já havia sinalizado anteriormente que apoia o projeto de lei.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com