Trump pede que Opep mantenha fluxo de petróleo

05/12/2018 15:10:31

Por: Carolina Gama / Agência CMA

Barris de petróleo. (Ian Burt/Flickr)

São Paulo – Na véspera de uma reunião na qual a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) deve discutir cortes na produção, o presidente norte-americano, Donald Trump, voltou a pressionar o cartel, afirmando que o fluxo de petróleo não deve ser limitado.

“Espero que a Opep mantenha e não limite o fluxo de petróleo. O mundo não precisa ou quer ver preços mais altos para o petróleo”, afirmou Trump no Twitter.

Em encontro que começa amanhã, em Viena, a Opep – junto com a Rússia e outros aliados – deve anunciar cortes destinados a refrear um excedente de produção que derrubou os preços em cerca de um terço desde outubro. Segundo analistas consultados pela Agência CMA, os produtores de petróleo estão discutindo uma redução no fornecimento da ordem de 1,0 milhão de barris por dia (bpd) a 1,4 milhão de bpd, mas a parcela russa ainda não está
definida.

Trump tem pressionado a Arábia Saudita, principal membro da Opep, a manter a oferta de petróleo elevada e, consequentemente, os preços baixos porque acredita que cotações mais altas da commodity prejudicam os consumidores norte-americanas e impactam a inflação.

Deixar um comentário