Trump pede participação de eleitor em pleito de 2020

Por Carolina Gama

São Paulo – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, pediu que os norte-americanos participem da eleição presidencial do país, marcada para novembro de 2016, afirmando que em caso de derrota, suas políticas podem ser facilmente revertidas.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Foto: Divulgação/ Campanha Make America Great Again

“É importante que as pessoas saiam e votem em 3 de novembro de 2020 porque um detalhe pode mudar toda a história de uma eleição”, disse Trump em um evento em Washington.

Ele atrelou seu discurso ao desempenho da economia. “Desde a minha eleição foram criados 6 milhões de empregos. Os norte-americanos voltaram a recompor a força de trabalho e a saúde ficou mais barata. Mas é importante lembrar que qualquer pessoa no meu cargo pode reverter essas medidas”, afirmou.

Trump, que falava na Conferência da Coalizão Fé e Liberdade, também tocou em um ponto polêmico nos Estados Unidos: o aborto. “Os democratas estão cada vez mais hostis, com políticas de apoio ao aborto. Crianças, nascidas ou não, vieram e Deus e, por isso, pedi que o Congresso proíba qualquer apoio ao aborto”, disse.

As declarações de Trump acontecem no dia em que a temporada de campanha para a eleição presidencial de 2020 nos Estados Unidos começa de fato, com o primeiro debate entre os pré-candidatos do Partido Democrata, em Miami, na Flórida.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com