Trump pede para produtores pressionarem Congresso por acordo USMCA

Por Carolina Pulice

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Foto: Divulgação/ Departamento de Estado dos Estados Unidos

São Paulo – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, voltou a criticar o Nafta, e pediu o apoio de fazendeiros para pressionar o Congresso a aprovar o novo acordo de livre-comércio com o Canadá e com o México.

“O acordo USMCA vai expandir o mercado para os produtores deste país.

Vocês devem sair e pressionar os democratas a autorizar o acordo. Esta é uma tremenda oportunidade. O USMCA acaba com o comércio injusto e aumenta o acesso para milho, carne de costa a costa”, disse em uma evento com fazendeiros no estado de Iowa.

O acordo USMCA, que tem como objetivo substituir o Tratado Norte-Americano de Livre-Comércio (Nafta, em inglês), requer ratificação de todas as legislaturas dos três países.

Trump também criticou a China pelo comércio “injusto” praticado com os Estados Unidos, e disse que parte das tarifas impostas sobre produtos chineses estão sendo encaminhados para os produtores norte-americanos. “Dos bilhões que tiramos com tarifas, demos US$ 15 bilhões para os produtores. Queríamos nos dar bem com a China, mas não temos escolha. Eu me dou bem com o presidente Xi, mas ele representa a China. E eu represento os Estados Unidos”.