Trump e Xi concordam em retomar negociações comerciais

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o presidente da China, Xi Jinping. Foto: Divulgação/ Casa Branca

Por Cristiana Euclydes

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o presidente da China, Xi Jinping, concordarem em retomar as negociações comerciais entre os dois países, evitando a aplicação de novas taxas a produtos chineses e revertendo as sanções norte-americanas à empresa chinesa Huawei.

No sábado, Trump e Xi se reuniram às margens do G-20 (grupo que reúne economias mais industrializadas e países emergentes), no Japão. Em coletiva de imprensa ao retornar do G-20, ao falar sobre o encontro com Xi, Trump disse: “Tivemos uma ótima reunião e continuaremos a negociar. E prometi que, pelo menos por enquanto, não vamos aplicar tarifas sobre a China”.

As negociações foram interrompidas em maio, quando a rodada de conversas em Washington terminou sem acordo e Trump aplicou taxas de 25% a US$ 250 bilhões em bens importados da China. Desde então, ele ameaçava aplicar tarifas adicionais a cerca de US$ 350 bilhões em produtos chineses importados ainda não taxados, mas suspendeu a medida após o encontro com Xi.

“Vamos trabalhar com a China de onde paramos para ver se podemos fazer um acordo”, disse Trump. Segundo ele, a China vai aumentar as compras de agricultores norte-americanos mesmo durante a negociação. “A China vai comprar uma tremenda quantidade de alimentos e produtos agrícolas, e eles vão começar isso muito em breve, quase que imediatamente. Nós vamos dar a eles listas de coisas que gostaríamos que eles comprassem”.

Trump também disse que iria retirar as sanções à gigante chinesa de tecnologia Huawei, que em maio foi adicionada à uma lista negra pelo Departamento do Comércio dos Estados Unidos, impedindo-a de fazer negócios com empresas norte-americanas. A retirada das sanções era uma demanda de Pequim.

Na coletiva de imprensa de sábado, Trump disse que ele e Xi mencionaram a Huawei. “Uma das coisas que permitirei, no entanto, é que – muitas pessoas ficam surpresas – nós enviamos e vendemos para a Huawei uma tremenda quantidade de produtos que vão para as várias coisas que eles fazem. E eu disse que tudo bem, que continuaremos vendendo esse produto”.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com