Trump diz que votação sobre saúde pode esperar eleições de 2020

São Paulo – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que pode esperar até depois das eleições presidenciais de 2020 para colocar em votação no Congresso um novo plano para saúde do país, em substituição ao Obamacare – como é conhecido o Affordable Care Act, a lei de saúde do ex-presidente Barack Obama.

“Todos concordam que o Obamacare não funciona. Prêmios e franquias são muito altos – saúde realmente ruim!”, disse Trump ontem à noite, no Twitter. “Os republicanos estão desenvolvendo um ótimo plano de saúde com prêmios (custos) e franquias muito mais baixos do que o Obamacare. Em outras palavras, será muito menos caro e muito mais utilizável do que o Obamacare”, afirmou.

“A votação será feita logo após a eleição, quando os republicanos detiverem o Senado e vencerem de volta na Câmara”, afirmou. Atualmente, a Câmara dos Deputados é controlada pelos democratas, enquanto o Senado é de maioria republicana. Por fim, Trump reiterou que “o Partido Republicano será conhecido como o partido da saúde”.

O fim do Obamacare é uma promessa de campanha de Trump. Na semana passada, o Departamento de Justiça dos Estados Unidos pediu a um tribunal federal de recursos para invalidar o Obamacare, o que desencadeou divergências entre os próprios republicanos e recebeu críticas dos democratas.

O Departamento de Justiça também apoiou, na semana passada, a decisão de um juiz de exigir que as pessoas comprassem planos de saúde. Em resposta, os democratas apresentaram um projeto de lei para tentar proteger pessoas com pré-condições de não terem seus planos de saúde prejudicados.

Cristiana Euclydes / Agência CMA