Trump diz que recorrerá à Suprema Corte caso ocorra impeachment

Por Carolina Pulice

São Paulo – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou que vai recorrer à Suprema Corte do país caso os democratas entrem com um pedido de impeachment contra ele, por conta de sua suposta relação com a Rússia durante a campanha presidencial de 2016.

Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, no Salão Oval/ Foto: Divulgação

“O relatório Mueller, apesar de ter sido escrito por democratas nervosos e odiadores do Trump, e com uma verba ilimitada por trás (US$ 35.000.000), não fez nenhuma acusação contra mim”, disse em seu Twitter. “Eu não fiz nada errado. Se os democratas tentarem um impeachment, eu iria recorrer à Suprema Corte”.

“Não há crimes e contravenções, e não há crime nenhum cometidos por mim. Todos esses crimes foram cometidos pela Hillary, pelos democratas, pelo Comitê Nacional dos Democratas [DNC, na sigla em inglês] e por policiais sujos – e os pegamos no ato. Nós esperamos por [relatório] Mueller e ganhamos, agora os democratas olham para o Congresso como sua última esperança”, completou.

Segundo o relatório de Mueller, divulgado na quinta-feira passada, a investigação não estabeleceu que membros da campanha de Trump conspiraram ou fizeram conluio com o governo russo para interferir nas eleições dos Estados Unidos, e também não estabeleceu que Trump obstruiu a Justiça. O relatório, porém, deixou claro que houve interferência da Rússia nas eleições presidenciais norte-americanas.

Com isso, pré-candidatos à presidência pelo partido democratas manifestaram seu desejo de iniciar um processo de impeachment contra Trump. O processo deve ser aberto e votado pelo Congresso norte-americano.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com