Trump diz que Democratas vão ter eleições duras se protegerem alguns políticos

Por Carolina Pulice

Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, no Salão Oval/ Foto: Divulgação

São Paulo – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, voltou a criticar o grupo de democratas que o acusaram de racismo e xenofobia, e disse que o episódio prejudica a imagem do partido democrata nas eleições presidenciais do ano que vem.

“Se políticos querem dizer [falas antissemíticas] e os democratas e proteger essas pessoas, eles vão ter uma eleição muito dura”, disse em evento com produtores norte-americanos.

O comentário ocorreu um dia após Trump ter sido acusado de racismo e xenofobia por um grupo de congressistas democratas, depois de ter feito comentários no Twitter de que elas deveriam deixar os Estados Unidos e voltar para os países de origem de suas famílias.

As deputadas que seriam os alvos das críticas de Trump são: Alexandria Ocasio-Cortez, de Nova York, vem de família porto-riquenha; Ilhan Omar, de Minnesota, nasceu na Somália e foi para os Estados Unidos quando criança.

Rashida Tlaib de Michigan é de descendência palestina, Ayanna Pressley de Massachusetts tem origem africana.

Após ser chamado de racista e xenófobo por elas, Trump voltou a publicar em sua rede social, dizendo que as congressistas radicais “de esquerda” já disseram coisas “horríveis” sobre a população de Israel. “Muitas pessoas estão bravas com elas e suas ações nojentas”, disse de manhã.

Hoje à tarde, a líder dos democratas na Câmara dos Deputados, Nancy Pelosi, disse que estava cogitando entrar com uma ação legal contra Trump por conta de suas afirmações.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com