Trump critica Fed e diz que dólar valorizado deixa EUA em desvantagem

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Foto: Divulgação/ Casa Branca

Por Cristiana Euclydes

São Paulo – O presidente norte-americano, Donald Trump, voltou a criticar o Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) por seu caminho de alta de juros, e disse que a valorização do dólar coloca o país em desvantagem.

“O euro e outras moedas estão desvalorizadas em relação ao dólar, colocando os Estados Unidos em grande desvantagem. A taxa de juros do Fed muito alta, adicionada ao aperto quantitativo ridículo! Eles não têm a menor ideia!”, disse Trump, em publicação no Twitter.

Ontem, ele havia dito que o Fed cometeu um “grande erro” ao aumentar os juros em dezembro e que isso deu aos chineses vantagens nas negociações comerciais. A taxa básica de juros do país está atualmente no intervalo entre 2,25% e 2,5.

No ano passado, o Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) realizou quatro altas de juros. A próxima reunião do comitê será na semana que vem, nos dias 18 e 19 de junho. Na reunião de março, quando divulgou suas projeções, o Fomc indicou que não prevê novas altas nos juros este ano.

Trump faz críticas frequentes ao Fed e ao presidente da instituição, Jerome Powell, pressionando-o a cortar a taxa de juros para estimular a economia do país. Na semana passada, Powell deixou a porta aberta para um corte de juros, ao afirmar que o banco vai agir de forma apropriada para sustentar a expansão econômica do país.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com