Trump ameaça bombardear Síria e enfrentar Rússia

11/04/2018 09:30:20

Por: Pâmela Reis

São Paulo – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ameaçou lançar bombas na Síria e criticou a Rússia por apoiar o governo de Bashar al Assad, acusado de realizar outro ataque químico contra a população do país no fim de semana.

“A Rússia prometeu derrubar todo e qualquer míssil disparado contra a Síria. Se prepare, Rússia, porque eles vão chegar, bons, novos e ‘inteligentes’! Vocês não deveriam se associar a um animal que mata com gás seu próprio povo e ainda gosta!”, escreveu Trump no Twitter.

A declaração acontece num momento em que se espera uma resposta norte-americana ao ataque químico. Na segunda-feira, Trump afirmou que uma decisão sobre esta resposta seria tomada nos próximos dias e, ontem, ele cancelou uma viagem para a América Latina a fim de se concentrar na questão síria.

Segundo organizações humanitárias, o governo sírio atacou com armas químicas uma cidade controlada por rebeldes perto de Damasco, matando ao menos 42 pessoas e afetando a saúde de centenas.

Ainda na segunda-feira, o secretário de Defesa norte-americano, James Mattis, disse que os Estados Unidos não descartam a possibilidade de realizar uma nova série de ataques aéreos contra o regime do presidente sírio, Bashar al Assad. Em abril de 2017, os norte-americanos bombardearam uma base aérea na Síria após um ataque com gás sarin pelo qual o governo de Assad também foi responsabilizado.

Deixar um comentário