Trump ameaça aplicar mais tarifas à China se quiser

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Foto: Divulgação/ Casa Branca

Por Cristiana Euclydes

São Paulo – O presidente norte-americano, Donald Trump, voltou a ameaçar a China com a aplicação de novas tarifas. Ele também disse a China e a Europa tem a vantagem de manter os juros baixos, enquanto o Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) impede o crescimento da economia dos Estados Unidos.

“Eu posso aplicar mais tarifas à China se quiser”, disse Trump a repórteres em reunião de gabinete na Casa Branca. Ele disse que o acordo comercial com a China estava pronto, mas eles voltaram atrás então os Estados Unidos tiveram que aplicar taxas de 25% a US$ 250 bilhões em bens importados chineses.

“Não há nenhum outro impacto na gente a não ser positivo”, afirmou, acrescentando que “gostaria que a China não tivesse voltado atrás em acordo comercial”.

Ele voltou a dizer que a China está desvalorizando sua moeda, o que dá ao
país uma vantagem com relação aos Estados Unidos. “Poderíamos estar melhor se não tivéssemos um Federal Reserve que eleva a taxa básica de juros”, disse Trump, mais uma vez acusando o banco central de impedir um crescimento maior da economia do país.

“A China está injetando dinheiro em seu sistema e cortando juros. A Europa está injetando dinheiro em seu sistema e cortando juros. Na Europa os juros são quase zero”, disse Trump. “Na China, as taxas de juros estão onde o presidente Xi [Jinping] quer”, afirmou, acrescentando que Xi é o presidente do país e seu próprio presidente do banco central.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com