Trump acusa Irã de desafiar limites de estoque de urânio

Por Carolina Gama

São Paulo – A tensão entre Estados Unidos e Irã continua a aumentar desde que o governo norte-americano acusou Teerã de lançar ataques a dois petroleiros no Golfo de Omã, na semana passada. Agora, o presidente Donald Trump acusa os iranianos de não respeitar os limites de estoque de urânio.

Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump/ Foto: Divulgação/ Casa Branca

“O Irã desafia os limites de estoques de urânio”, afirmou Trump no Twitter, após o porta-voz da Organização de Energia Atômica do Irã, Behrouz Kamalvandi, anunciar que o país vai ultrapassar os limites de urânio enriquecido dentro de dez dias, o que pode minar definitivamente o acordo nuclear de 2015.

A escalada de tensão entre Washington e Teerã ganhou força no final de semana, depois que Trump apontou para um vídeo que aparentemente mostraria a Guarda Revolucionária Iraniana removendo uma mina não detonada de um dos navios visados pelos ataques da semana passada.

Ontem, o secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, disse na TV que a responsabilidade do Irã no caso era certa e pediu ao mundo para se juntar aos Estados Unidos contra a ameaça iraniana.

O Irã, por sua vez, nega qualquer envolvimento no ataque. A situação no Oriente Médio foi alvo de debate nesta manhã noConselho de Segurança das Nações Unidas.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com