Taxa de juros está subindo muito rápido nos EUA, diz Trump

09/10/2018 18:12:16

Por: Carolina Gama / Agência CMA

São Paulo – O presidente norte-americano, Donald Trump, voltou a criticar o Federal Reserve (Fed, o banco central do país) pela elevação da taxa de juros. Segundo ele, o processo de normalização é necessário, mas o ritmo da retirada da acomodação poderia ser mais lento.

“O Fed está fazendo o que pensa ser positivo para a economia, mas não precisamos ir tão rápido com os juros”, afirmou Trump a repórteres na Casa Branca. “O trabalho do Fed neste momento não me agrada”, acrescentou.

No mês passado, o banco central norte-americano elevou pela terceira vez no ano a taxa de juros, passando-a para a faixa entre 2,00% e 2,25%. Na ocasião, o presidente do Fed, Jerome Powell, confirmou que o ritmo gradual de aperto monetário deve continuar no país. A autoridade monetária prevê mais uma elevação este ano e outras três em 2019.

“Não temos problemas com inflação, então não há motivos para o Fed adotar um ritmo tão forte de aumento da taxa de juros”, disse Trump. Questionado se havia conversado com Powell sobre o assunto, Trump negou. “Prefiro não me envolver com o presidente Jerome Powell”, acrescentou.

Os comentários Trump sobre política monetária marcam uma ruptura com a política que tradicionalmente vinha sendo mantida pela Casa Branca, que recomendava que o presidente norte-americano não se manifestasse sobre os juros do país. Essa não foi a primeira vez que Trump criticou o Fed e Powell pelo nível da taxa básica.

Deixar um comentário