Taxa de juros baixa por muito tempo traz riscos, diz Kuroda

Por Cristiana Euclydes

São Paulo – O ambiente prolongado de taxa de juros baixa leva a alguns problemas e pode trazer riscos para a estabilidade financeira, disse o presidente do Banco do Japão (BoJ), Haruhiko Kuroda, em texto preparado para discurso em um evento.

“Taxas de juros baixas e contínuas podem mudar o comportamento de instituições financeiras e afetam a estabilidade financeira”, disse. Segundo ele, juros baixos levam os bancos a tomar riscos excessivos, mas qualquer novo corte pode desestimular a tomada de riscos, levando a política acomodatícia a se tornar contracionista para empréstimos.

Para abordar estes riscos, uma possibilidade é “inclinar-se contra o vento’, isto é, implementar instrumentos de política monetária não apenas para alcançar a meta de estabilidade de preços, mas considerar as metas de estabilidade financeira, sob a premissa de que a política monetária influencia áreas amplas de atividades financeiras”, disse Kuroda.

Ele afirmou ainda que inflação e taxas de juros baixas por períodos prolongados são desafios para países emergentes e em desenvolvimento, devido aos impactos adversos de fluxos de capital voláteis.

Por fim, é preciso pensar no futuro das ferramentas não convencionais de política monetária, usadas por bancos centrais como alternativas seguindo a crise financeira global, como orientação futura e o uso ativo do tamanho e composição de seu balanço. “As ferramentas não convencionais se tornarão ferramentas convencionais em tempos normais?”, questionou.

Atualmente, a taxa de depósitos aplicada sobre parte das reservas dos bancos comerciais, que serve como referência para os juros de curto prazo, está em -0,1%, e a meta para os juros dos títulos de dívida pública de dez anos, usada de referência para o longo prazo, está em zero.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com