Star Market, plataforma chinesa inspirada na Nasdaq, tem estreia forte

Por Cristiana Euclydes

São Paulo – As ações tiveram alta forte de 140% na estreia da Star Market, uma plataforma de negociações da China que agrega 25 empresas locais de tecnologia, no estilo da norte-americana Nasdaq, operada pela Bolsa de Xangai.

As ações da fabricante de materiais para chips semicondutores Anji Microelectronic subiram mais de 400% e lideraram os ganhos. Todas as empresas fecharam o pregão com atas superiores a 84%, segundo o Conselho de Ciência e Tecnologia da Bolsa de Xangai.

A China tem acelerado a abertura de seu setor financeiro, em um esforço para atrair mais negócios e investimentos enquanto a disputa comercial com os Estados Unidos continua.

O país visa a atrair de volta empresas nacionais de tecnologia que realizaram a oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) nos mercados internacionais, devido à restrições no mercado doméstico da China continental.

A gigante chinesa do varejo online Alibaba abriu seu capital há quatro anos na Bolsa de Nova York, quando captou US$ 25 bilhões, e estuda uma listagem em Hong Kong. A Tencent, por sua vez, está listada em Hong Kong. As duas estão entre as empresas mais valiosas da China.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com