Senado Mexicano diz que não suspenderá processo de ratificação do USMCA

Por Julieta Marino

Tradução: Carolina Pulice

Foto: FreeImages.com/ Juan Carlos Arellano

Buenos Aires – No momento, não estão nos planos do Senado mexicano suspender o processo de ratificação do acordo entre México, Estados Unidos e Canadá (USMCA, em inglês), uma vez que há otimismo que o atual desencontro com o presidente norte-americano, Donald Trump seja superado, disse o presidente da Junta de Coordenação Política (Jucopo), Ricardo Monreal Ávila.

Em coletiva de imprensa, Monreal Ávila sinalizou que o Senado estará atento às negociações que ocorrem em Washington nesta semana, para que não sejam impostas tarifas sobre as exportações mexicanas, tal como anunciou Trump na semana passada.

“Esperamos que não haja sobressaltos, que haja entendimento , que o diálogo tenha frutos e que todos continuemos trabalhando pelo México e pelos países que firmaram o acordo comercial”, afirmou. “Estamos com um problema sério, não minimizo o tema que neste momento ocorre sobre a relação bilateral. Se trata de um dos episódios mais delicados da história da política exterior mexicana”, reconheceu.

“Em todo caso, fomos convocados para discutir e aprovar o acordo no dia 18 de junho. É o primeiro tema que será tratado no período extraordinário. Nestes dias aconteceram muitas coisas que o Senado terá que analisar com cuidado”, indicou.

Ontem à noite, o presidente do Senado do México, Martí Batres Guadarrama, afirmou que a imposição das tarifas por parte dos Estados unidos a produtos mexicanos é uma medida “contraditória”, que praticamente anulará os avanços do livre comércio que se busca com o acordo USMCA.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com