Senado da Itália se reúne para definir data de votação de moção de censura

Primeiro-ministro da Itália, Giuseppe Conte. Foto: Divulgação/ Governo da Itália

Por Cristiana Euclydes

São Paulo – O Senado da Itália se reúne hoje para definir a data de votação da moção de censura contra o primeiro-ministro do país, Giuseppe Conte, apresentada na semana passada pelo partido de extrema-direita Liga, do vice-premiê e ministro do Interior italiano, Matteo Salvini.

Antes de apresentar a moção, Salvini havia anunciado que a aliança do governo estava rompida. Ele reivindicou novas eleições, dadas as divergências na coligação governista, formada pela Liga e pelo partido antissistema Movimento 5 Estrelas (M5S), liderado pelo também vice-premiê Luigi Di Maio.

A Liga defende que a votação da moção ocorra ainda esta semana, e recebeu apoio do Força Itália, partido do ex-premiê Silvio Berlusconi, e do partido Irmãos de Itália, segundo a mídia local. O MS5, por sua vez, defende uma votação em 20 de agosto, assim como o Partido Democrata, de centro-esquerda, do ex-premiê Matteo Renzi.

Se Conte perder o voto de censura, o governo será dissolvido e o presidente da Itália, Sergio Mattarella, terá entre 45 e 70 dias para convocar novas eleições. Assim, uma nova votação pode ocorrer em outubro.

Nas eleições para o parlamento Europeu, em maio, a Liga de Salvini ficou em primeiro lugar, e as pesquisas eleitorais mostram que o partido está na frente caso ocorram novas eleições na Itália, podendo até mesmo formar maioria do Parlamento em coligação com as legendas Força Itália e Irmãos de Itália.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com