Samsung prevê queda de 56% no lucro operacional do 2º tri

Por Carolina Pulice

Celulares da Samsung. (Foto: Divulgação/Samsung)

São Paulo – A Samsung reviu sua projeção de lucro para o segundo trimestre de 2019, e mostrou uma forte queda nos ganhos da companhia.

De acordo com comunicado, a companhia sul-coreana prevê um lucro operacional de entre 6,4 e 6,6 trilhões de wons (US$ 5,5 bilhões), uma alta aproximada de 2,7% em relação ao primeiro trimestre de 2019, e queda de 56% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

A companhia também registrou uma alta na projeção de vendas, de 52,39 trilhões de wons para a faixa entre 55 e 57 trilhões de wons (US$ 470 bilhões), alta de 5%, mas com uma queda de quase 6% em relação ao segundo trimestre de 2018.

A queda foi motivada pela diminuição da demanda por chips. Com isso, as ações da Samsung caíram 0,8% na bolsa de Seul.

Analistas apontaram o embate entre o governo do Japão e da Coreia do Sul como outro motivo para a queda na projeção. De acordo com os analistas do Societé Generale, os programas de restrição às exportações no Japão desencadearam um prejuízo na produção de semicondutores da Coreia do Sul.

“Apesar de as novas regulações não serem uma proibição completa nas exportações desses itens, aumenta a pressão sobre as companhias sul-coreanas para obter itens importantes para a produção de semicondutores e componentes eletrônicos”, afirmaram.