Relatório de Mueller não poderia ter sido melhor, diz Trump

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, no Capitólio. Foto: Divulgação/ Casa Branca

São Paulo – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que o relatório final do inquérito conduzido pelo investigador especial Robert Mueller não poderia ter sido melhor, ao absolvê-lo das acusações de conluio com a Rússia nas eleições de 2016.

“O relatório de Mueller foi ótimo, não poderia ter sido melhor. Ele disse: não teve obstrução, não teve conluio”, afirmou Trump, em declarações a repórteres após uma reunião com representantes do Partido Republicano, no Capitólio.

No final de semana, o procurador geral do país, William Barr, afirmou que Mueller concluiu que não houve conluio entre a campanha de Trump e a Rússia nas eleições norte-americanas em 2016, mas não teve qualquer conclusão sobre se Trump obstruiu a Justiça. Diante da ausência de determinação, Barr concluiu que as ações de Trump não representam crime.

Após a divulgação da carta, Trump elogiou Mueller, dizendo que ele atuou honrosamente, uma mudança em sua retórica, após criticar em diversas ocasiões a equipe de Mueller e acusá-la de realizar uma “caça às bruxas”. Para Trump, o relatório é uma exoneração completa e total de sua responsabilidade.

Trump disse ainda que não tinha objeções ao relatório ser tornado público. Os democratas definiram para a semana que vem, no dia 2 de abril, a data para entrega do relatório de Mueller ao Congresso, e disseram que podem convocar Barr e Mueller para depor, para explicar a decisão.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com