RADAR DO DIA: Previdência volta à pauta; atenção a Petrobras e Embraer

São Paulo – O mercado abre com a reforma da Previdência de volta ao radar dos investidores. O presidente Jair Bolsonaro prometeu criar um conselho político para facilitar a articulação entre o Poder Executivo do Congresso.

Na prática, hoje haverá a leitura do parecer sobre a admissibilidade da proposta de reforma na Comissão de Constituição e Justiça, às 14h30.

Bolsonaro sancionou resolução de fevereiro do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) que estipula as diretrizes do leilão de jazidas de petróleo da chamada “cessão onerosa”, que consiste num acordo entre o governo e a estatal no qual a empresa pagou diretamente à União pelo direito de extrair até 5 bilhões de barris de petróleo do pré-sal da Bacia de Santos.

Estima-se, porém, que a área em questão possua mais barris disponíveis para extração, e o governo quer leiloar este excedente para angariar recursos. A previsão oficial é de que o leilão possa atrair US$ 100 bilhões aos cofres públicos.

O Ministério da Economia prepara um pacote de medidas com quatro iniciativas para melhorar a produtividade e o emprego e destravar a atividade econômica. O plano virá em resposta à sequência de quedas nas projeções do mercado para o crescimento da economia.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, afirmou ontem que continua a participar ativamente da aprovação da reforma da Previdência (PEC 6/19), mas que não tem mais condições de ser um articulador político do governo em relação ao tema.

A Embraer informou que o atual Presidente da Marcopolo, Francisco Gomes Neto, terá seu nome indicado ao conselho de administração para ocupar o cargo de Presidente e CEO da companhia, para suceder Paulo Cesar de Souza e Silva. A eleição ocorrerá em reunião do conselho após a Assembleia Geral Ordinária (AGO) marcada para o dia 22 deste mês.

A Petrobras disponibilizou em seu site um novo teaser referente ao processo de venda das ações da Liquigás Distribuidora, que contém as principais informações sobre a oportunidade, bem como critérios mais amplos de elegibilidade para a seleção de potenciais participantes.

A petrolífera manteve o preço médio do litro da gasolina A sem tributos para R$ 1,9354, assim como o do litro do diesel A para R$ 2,1432 comercializados nas refinarias a partir de hoje.

Ontem o conselho de administração da Sabesp aprovou a emissão de R$ 750 milhões em debêntures. A remuneração e outras informações serão definidas em processo de bookbuilding.

A EcoRodovias também informou que vai emitir R$ 900 milhões em debêntures com valor unitário de R$ 1mil e vencimento em 2024 e 2026. A operação foi aprovada pelo conselho de administração da companhia.

Ontem também a Multiplan aprovou a emissão de R$ 350 milhões em debêntures com valor nominal unitário de R$ 10 mil. A data de emissão será 25 de abril e o vencimento está programado para 25 de abril de 2026, com o pagamento de 50% do valor nominal em 2025 e o restante na data de vencimento das debêntures.

Neste momento os eleitores israelenses votam para escolher a nova composição do Parlamento do país. O primeiro-ministro, Benjamin Netanyahu, pediu para que os israelenses de direita votem hoje, esperando que seu apoio possa dar a ele a vantagem em uma votação apertada que se segue de uma campanha disputada com seu rival, o ex-general Benny Gantz.

Allan Ravagnani / Agência CMA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com