RADAR DO DIA: Expectativa por FGTS dita o ritmo; Petrobras e exterior também

São Paulo – Os mercados e os investidores devem se balizar pela expectativa do anúncio do governo de regras relacionadas ao FGTS, como o limite de saque do fundo e uma provável liberação anual de recursos. Ontem, o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse durante o lançamento do Novo Mercado de Gás que projeta uma injeção de R$ 30 bilhões neste ano com o FGTS.

De forma oficial, o governo federal lançou o Novo Mercado de Gás que faz parte da movimentação para abrir o mercado de gás natural, incentivando a competitividade, e derrubando o preço da energia como tendo dito o presidente Jair Bolsonaro e o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque.

Além disso, a Polícia Federal (PF) realizou ontem uma operação que prendeu quatro suspeitos como responsáveis por hackear os telefones de Sergio Moro e Deltan Dallagnol. 

Outro tema no radar dos investidores é a notícia de que uma delegação norte-americana deve viajar à China para negociações comerciais na próxima semana, de acordo com um alto funcionário do governo dos Estados Unidos, marcando o que seria a primeira conversa presencial desde a cúpula G-20, no mês passado. As informações são da agência de notícias “Dow Jones”.

No âmbito corporativo, a Petrobras enfim anunciou a venda de 291.250.000 ações, além de 58.250.000 ações adicionais da BR Distribuidora pelo preço de R$ 24,50 por ação, perfazendo o montante total de R$ 8,652 bilhões, o equivalente a 30% do capital.

Além disso, o conselho de administração da estatal aprovou a sétima emissão de debêntures no valor de R$ 3 bilhões. Segundo a companhia, a oferta prevê a colocação de no mínimo R$ 1 bilhão, com a possibilidade de acréscimo de até 20% sobre o montante inicial, ou seja, em até R$ 600 milhões.

Por outro lado, o Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) proferiu decisão desfavorável a Petrobras em processo administrativo fiscal, no valor de R$ 5,22 bilhões, que trata da cobrança de PIS/Cofins sobre remessas ao exterior para pagamento de contratos de afretamento em 2013.

O lucro líquido pró-forma da Telefônica Brasil diminuiu 52,9% no segundo trimestre em relação ao mesmo período do ano anterior, para R$ 1,5 bilhão. A receita líquida da companhia aumentou 0,5% na mesma base de comparação, para R$ 10,87 bilhões.

A Weg, por sua vez, registrou lucro líquido de R$ 389 milhões no segundo trimestre do ano, alta de 15,6% na comparação com o mesmo período do ano anterior. A receita líquida da companhia cresceu 7,5%, para R$ 3,286 bilhões, na mesma base de comparação.

O lucro líquido atribuível aos controladores da Cielo no segundo trimestre deste ano somou R$ 431,2 milhões, queda de 33,3% frente a igual intervalo do ano passado, quando reportou R$ 646,0 milhões.

A Vale informou que recebeu autorização da Agência Nacional de Mineração (ANM) para o retorno parcial das operações a seco do Complexo Vargem Grande.

Por fim, a JBS informou que emitiu e precificou US$ 750 milhões em notas seniores com taxa de 5,75% ao ano e vencimento em 2028. A empresa informou também que emitiu US$ 1,25 bilhão em notas sêniores por meio das subsidiárias JBS USA, JBS Finance. As notas emitidas pelas subsidiárias têm vencimento em 2030 com taxa de 5,50%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com