RADAR: Atenção para Vale, Embraer, Cyrela e Petrobras

Por Allan Ravagnani

São Paulo – Os principais mercados acionários operam no positivo nesta quarta-feira após a divulgação de indicadores melhores do que os esperados da China. Nos Estados Unidos, há expectativa para a leitura do Livre Bege (15h). Aqui, os membros da CCJC na Câmara deverão iniciar a votação do relatório de admissibilidade da Previdência, além disso há um ambiente de incertezas com a queda de braço entre o STF e a PGR . A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara encerrou na noite de ontem a fase de discussão da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da reforma da Previdência e pode votar sobre a admissibilidade da proposta hoje.

Com a conclusão dos debates, os deputados poderão votar o parecer do relator, Delegado Marcelo Freitas (PSL-MG), que recomenda a aprovação do texto. A votação está marcada para hoje a partir das 10h (de Brasília).

Ainda ontem, o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que o reajuste dos preços do diesel e a política de preços da Petrobras deverão ser elaborados com transparência, conforme foi definido na reunião entre Bolsonaro, equipe ministerial e representantes da petrolífera. Questionado sobre prazos ou o eventual valor do reajuste, Guedes reforçou que a empresa tem total liberdade para decidir “quando e quanto” apresentar reajuste.

A Petrobras informou que a Caixa Econômica Federal estuda vender suas ações da Petrobras. O banco formou um sindicato de assessores financeiros e legais para avaliar as alternativas viáveis, não se descartando a hipótese de realização de uma oferta pública secundária de ações (follow on) registrada no Brasil e nos Estados Unidos.

As vendas líquidas contratadas da Cyrela no primeiro trimestre deste ano somaram R$ 1,044 bilhões, alta de 70,3% na comparação com igual período do ano passado, informou a companhia em prévia operacional.

O conselho de administração da Embraer aprovou o cancelamento da assembleia geral extraordinária (AGE) que seria realizada no dia 22 de abril e autorizou a realização de nova assembleia para o dia 27 de maio, às 10h.

O conselho de administração da Klabin aprovou a construção de linhas de fibra para a produção de celulose não branqueada, integrada a duas máquinas e papel Kraftliner na unidade da companhia em Ortigueira, no Paraná. O projeto custará R$ 9,1 bilhões, sujeitos a flutuações cambiais e reajustes decorrentes de inflação.

A Justiça de Minas Gerais autorizou a Vale a retomar as atividades na mina de Brucutu, a maior em minério de ferro operada pela companhia em Minas Gerais (MG). A exploração na mina está paralisada desde fevereiro, após o MP pedir a suspensão dos trabalhos na área, em decorrência do desabamento da barragem 1 na Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com