RADAR: Atenção às ações de Petrobras, MRV e Braskem

Por Allan Ravagnani e Wilian Miron

São Paulo – Os mercados de ações internacionais operam majoritariamente em alta, por aqui, no entanto, a nova derrota do governo ontem na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC), com a votação da reforma da Previdência sendo adiada, poderá trazer tensão aos mercados.

Ontem, a CCJ aprovou a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 34/19, que determina a execução obrigatória das emendas apresentadas pelas bancadas estaduais e do Distrito Federal ao Orçamento da União (Orçamento Impositivo), com o Câmara impondo nova derrota ao governo de Jair Bolsonaro.

Bolsonaro, Onyx e Paulo Guedes se reúnem com o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, às 16h30, em reunião em que provavelmente será discutido o reajuste nos preços do diesel.

Castello Branco afirmou ontem, após reunião com ministros no Palácio do Planalto, que ainda não há uma definição acerca do aumento de 5,7% nos preços do diesel anunciado e revogado na sexta-feira (12).

O preço do aluguel residencial encerrou o mês de março com uma alta de 0,61% na comparação com fevereiro, a quarta consecutiva, mas abaixo da inflação medida pelo IPCA (0,75%), fazendo com que o resultado seja uma queda real de 0,14%, de acordo com o índice FipeZap de Locação.

As vendas líquidas da MRV Engenharia atingiram R$ 1,309 bilhão no primeiro trimestre de 2019, uma alta de 6% na comparação com o primeiro trimestre de 2018. Segundo a companhia, o resultado foi enfraquecido devido ao contingenciamento de orçamento da União ao programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV) na transição de governos.

A Braskem informou que a Justiça de Alagoas suspendeu o pagamento de dividendos no montante aproximado de R$ 2,7 bilhões até análise do mérito do recurso.

O Magazine Luiza informou que pagará aos acionistas o valor de R$ 182,0 milhões no dia 26 de abril. Deste montante, R$ 112,0 milhões referem-se a juros sobre capital próprio (JCP) e os R$ 70 milhões restantes serão pagos a título de dividendos.

A aeronave 195-E2, da Embraer, recebeu certificações da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), da a Federal Aviation Administration (FAA) e da Agência Europeia para a Segurança da Aviação (Easa).

Na França, a restauração da icônica Catedral de Notre Dame, em Paris, devastada pelo fogo, levará pelo menos dez anos, disse o presidente da Fundação Amigos da Notre-Dame de Paris, Michel Picaud, a repórteres.

“O programa de renovação começou no ano passado e esperávamos que durasse cerca de dez anos. Considerando o dano que ocorreu hoje, a restauração levará, na minha opinião, pelo menos dez anos com um esforço redobrado”, disse Picaud.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com