Queremos privatizar estatais, mas não abrir mão delas, diz Bolsonaro

06/11/2018 10:27:33

Por: Gustavo Nicoletta / Agência CMA

Jair Bolsonaro

O candidato Jair Bolsonaro (PSL) fala à imprensa após gravação de campanha, no bairro Jardim Botânico. (Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)

São Paulo – O presidente eleito Jair Bolsonaro disse que seu governo pretende vender a maioria das estatais, mas sem abrir mão do direito de manter algumas destas empresas sob a administração pública.

“Queremos privatizar em grande parte as estatais, mas não abrir mão de todas as estatais. A estatal que estiver funcionando vai ter que ser produtiva e atender ao fim social a que se propõe”, disse ele entrevista à TV Bandeirantes ontem à noite.

Ele mencionou que, para parte das empresas estatais que serão vendidas, o modelo a ser adotado deve ser semelhante ao da Embraer, em que o governo federal possui a chamada “golden share” – uma participação que dá à União poder de veto sobre determinados aspectos da administração da companhia.

No caso da Embraer, a golden share autoriza o governo federal a ter a palavra final sobre a mudança do nome e do objeto social da companhia, alterações e aplicações da logomarca, criação ou alteração de programas militares, treinamento de terceiros nas tecnologias militares, fornecimento de peças de aeronaves de guerra e também sobre qualquer mudança na transferência de controle acionário da empresa.

Deixar um comentário