Putin está disposto a discutir controle de armas com EUA

Por Carolina Pulice

Vladimir Putin, presidente da Rússia. Foto: Divulgação/ Governo da Rússia

São Paulo – O presidente da Rússia, Vladimir Putin, afirmou que o país está disposto a conversar com os Estados Unidos sobre o tratado de armas, um dia após ter assinado a suspensão do acordo INF (de armas de médio e curto alcance), decisão que pode aumentar as tensões entre o governo russo, o norte-americano e a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan).

“Recentemente, a administração em Washington começou a refletir a possibilidade de recomeçar nosso diálogo bilateral sobre agenda estratégica.

Eu acredito que chegar a um acordo concreto sobre controle de armas ajudaria a melhorar a estabilidade internacional. A Rússia tem vontade política para fazer isso; agora é hora de os Estados Unidos tomarem uma decisão”, afirmou em entrevista ao jornal italiano “Corriere della Sera”.

Putin disse ainda que reiterou esta vontade durante o encontro do G-20, no fim de semana.

Ontm, Putin assinou uma lei federal que suspende o Tratado INF com os Estados Unidos sobre Mísseis de médio e curto alcance, segundo documento publicado em um portal oficial de informação jurídica do país. Os Estados Unidos anunciaram a saída do acordo no ano passado.

Além disso, a Otan, a decidiu na semana passada que iria responder caso a Rússia decidisse não cumprir com o Tratado de Armas de Médio Alcance.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com