Projeto de cessão onerosa não deve ser votado hoje, diz Jucá

04/12/2018 13:59:48

Por: Álvaro Viana / Agência CMA

Romero Jucá Eunício Oliveira

Os senadores Eunício Oliveira (PMDB-CE) e Romero Jucá (PMDB-RR). (Foto: Pedro França / Agência Senado)

Brasília – O líder do governo no Senado, Romero Jucá (MDB-RR), afirmou há pouco que o projeto que autoriza a venda de até 70% da participação da Petrobras na área da cessão onerosa pode não ser votado hoje, como havia afirmado o presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), na semana passada. Segundo Jucá, ainda não há acordo principalmente por conta do efeito do projeto no teto dos gastos públicos.

Jucá afirmou em seu twitter que precisa ser criado um dispositivo que faça com que a despesa da cessão onerosa não impacte o teto dos gastos públicos.

“O teto do gasto não comporta essa transferência extra que estará acontecendo dentro do orçamento com uma despesa normal. O entendimento está sendo feito tanto pelo governo Temer como pelo novo governo. Mas a data de votação cabe ao presidente do Senado”, disse.

Álvaro Viana / Agência CMA

Deixar um comentário