Produção industrial sobe 0,1% em nov e fica abaixo da previsão

08/01/2019 10:15:54

Por: Olívia Bulla / Agência CMA

São Paulo – A produção industrial brasileira interrompeu quatro meses seguidos de resultados negativos e oscilou em alta em novembro, em +0,1% em relação a outubro, quando teve leve baixa de 0,1% (dado revisado). O resultado mensal ficou abaixo da previsão de alta de 0,20%, conforme mediana das estimativas coletadas pelo Termômetro CMA.

Já na comparação anual, a produção industrial brasileira caiu 0,9%, mais que a previsão de queda de 0,20%, ainda conforme o Termômetro CMA. Com isso, a indústria nacional acumula altas de 1,50% no ano e de 1,80% nos últimos 12 meses, até novembro. As informações foram divulgadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Segundo o instituto, dez das 26 atividades pesquisadas apresentaram variações positivas na produção, em base mensal. Entre os destaques, estão: produtos alimentícios (+5,9%); farmoquímicos e farmacêuticos (+7,1%) e coque, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis (+0,5%).

Na outra ponta, destaque para o recuo em veículos automotores, reboques e carrocerias (-4,2%). Entre as grandes categorias econômicas ainda em relação a outubro, houve alta da produção apenas em bens intermediários (+0,7%), ao passo que a de bens de capital (-2,7%) e de bens de consumo duráveis (-3,4%) caiu, enquanto bens de consumo semiduráveis e não duráveis ficou estável.

Já na comparação anual, houve alta em 14 dos 26 ramos de atividade pesquisados, com queda em três das quatro categorias econômicas. O principal impacto, no período, veio de produtos alimentícios (-5,0%), enquanto o maior alívio veio das indústrias extrativas (+3,3%).

Entre as grandes categorias econômicas, em base anual, apenas bens de capital avançou, com +3,5%. Na outra ponta, bens de consumo durável caiu 3,4%, bens de consumo semiduráveis e não duráveis cedeu 0,3%, enquanto a produção de bens intermediários teve queda de 1,4%.

Deixar um comentário