Produção de minério da Anglo American cai 9,4% no segundo trimestre

Por Carolina Pulice

São Paulo – A produção de minério de ferro da Anglo American na unidade de Kumba, na África do Sul, somou 10,5 milhões de toneladas no segundo trimestre deste ano, uma queda de 9,48% em relação ao mesmo período do ano anterior, devido à interrupções planejadas para manutenção, segundo relatório trimestral de produção divulgado nesta manhã.

minerio-de-ferro
Foto: Divulgação

Já no projeto Minas-Rio, no Brasil, a produção de minério de ferro subiu de 100 mil toneladas para 5,9 milhões de toneladas. Segundo a empresa, a produção está progredindo bem após o retorno das operações seguindo o calendário. As operações haviam sido interrompidas em março de 2018 devido a vazamentos de minério de ferro em Minas Gerais.

Além disso, a produção total da Anglo American em base equivalente de cobre avançou 0,63% no segundo trimestre, por conta do forte desempenho em Los Bronces e Collahuasi.

A produção de carvão metalúrgico subiu 9,43% no segundo trimestre de 2019, para 5,8 milhões de toneladas. A produção de carvão térmico, por sua vez, recuou 8,33%, para 6,6 mil toneladas.

“A produção total cresceu 2% no trimestre, por conta de uma recuperação bem sucedida em Minas-Rio e um desempenho forte na produção de carvão metalúrgico, seguido de uma boa mudança e uma melhora no trabalho na planta no primeiro trimestre”, disse o executivo-chefe da Anglo American, Mark Cutifani.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com