Prejuízo da Oi cresce 48,4% no 4T18 com queda na receita e aumento de despesa

São Paulo – O prejuízo da Oi cresceu 48,4% no quarto trimestre do ano passado em relação a igual período do ano anterior, para R$ 3,343 bilhões, pressionado por uma queda de 7,9% na receita operacional líquida, a R$ 5,365 bilhões, e por um aumento de 24,4% nas despesas operacionais, para R$ 9,572 bilhões.

O aumento significativo nas despesas da companhia ocorreu principalmente por causa de um custo maior de aluguéis e seguros – o gasto aumentou de R$ 955 milhões no quarto trimestre de 2017 para R$ 5,894 bilhões no mesmo período de 2018.

No Brasil, a base de clientes da Oi caiu 4,3% no quarto trimestre na comparação anual, para 57,147 milhões. O único segmento em que a base cresceu foi o corporativo (3,3%, para 6,727 milhões). O número de clientes de telefonia móvel recuou 4,4%, para 35,033 milhões, e o de residenciais caiu 7,2%, para 14,748 milhões.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com