Potenciais candidatos para substituir May comentam renúncia

Por Carolina Pulice

Primeira-ministra britânica, Theresa May. (Foto: Divulgação)

São Paulo – Potenciais candidatos para substituir a primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, repercutiram sua renúncia, que foi feita nesta manhã.

Andrea Leadsom, ex-líder do partido Conservador na Câmara dos Comuns e que também renunciou ao cargo nesta semana, afirmou que a decisão de May era uma “ilustração de seu completo compromisso com o país”. “Ele fez seu máximo, e eu desejo a ela o melhor”, afirmou pelo Twitter.

Boris Johnson, ex-prefeito de Londres e também potencial candidato para substituí-la, afirmou que a declaração de May foi digna. “Agradeço seu serviço para o país e para o partido Conservador. Agora é hora de seguir seu pedido: se unir e entregar o Brexit”, afirmou em sua rede social.

Além deles, outros parlamentares estão sendo cotados para substituir May como primeira-ministra do país. Johnny Mercer, membro do parlamento britânico, disse que não se sentia “bom suficiente” para ser líder do Reino Unido, e que por isso apoiaria Boris Johnson. “Estarei com Boris Johnson, fazendo campanha com ele, tentando unir o partido e a nação, e o governo para uma maneira otimista e moderna”, completou.

Theresa May disse que vai deixar o cargo no dia 7 de junho para dar espaço para um novo primeiro-ministro lidar com o processo de separação do Reino Unido da União Europeia. Segundo ela, o novo líder deve ser escolhido a partir de semana que vem.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com