PMI de serviços sobe a 55,7 pontos na Alemanha em abril após revisão

Por Cristiana Euclydes e Carolina Pulice

São Paulo – O índice dos gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) sobre a atividade do setor de serviços da Alemanha subiu para 55,7 pontos em abril, de 55,4 pontos em março, para seu maior nível desde setembro de 2018, segundo dados revisados divulgados pelo instituto de pesquisas IHS Markit. A leitura preliminar mostrava alta para 55,6 pontos.

Números acima de 50 pontos sugerem expansão da atividade, enquanto valores menores apontam contração. O PMI composto, que agrega dados sobre a atividade dos setores industrial e de serviços, avançou para 52,2 pontos em abril, de 51,4 pontos em março. A versão preliminar havia mostrado 52,1 pontos.

Segundo o relatório, o setor de serviços do país teve um forte crescimento no começo do segundo trimestre do ano, reportando um aumento mais rápido em atividades de negócios e novos trabalhos.

Para o economista da IHS Markit, Phil Smith, o setor de serviços permaneceu resiliente graças aos fundamentos domésticos, e continua diminuindo a desaceleração vista no setor produtor de bens dependente do comércio.

Ainda segundo ele, os empregos no setor de serviços não mostraram sinais de desaceleração em abril, com uma aceleração no crescimento dos empregos com uma taxa não vista desde a crise financeira. “Isso ajuda a aliviar a preocupação sobre a recente desaceleração nos números da força de trabalho”, afirmou.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com