Perdemos 30% de nossos negócios com automóveis para o México, diz Trump

Por Carolina Pulice

São Paulo – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, voltou a comentar sobre as negociações comerciais com o México, e reiterou que o país perdeu 30% dos negócios com automóveis para o México, e que espera que o novo acordo faça com que as companhias voltem para os Estados Unidos.

“Quando você é um grande cofrinho, os outros países te exploram por anos (em um nível que não se pode acreditar). As tarifas são uma ótima ferramenta de negociação, com uma ótima receita para os produtores, e mais importante, uma maneira poderosa de fazer com que as companhias voltem para os Estados Unidos”, disse em seu Twitter.

“Estupidamente perdemos 30% dos nossos negócios com automóveis para o México. Se as tarifas fossem impostas em um nível maior, as companhias voltariam, e logo”, completou. “Mas estou feliz com o acordo que fiz, se o México produzir (o que eu acho que eles vão fazer). A maior parte do acordo com o México ainda não foi revelada.

O comentário ocorre pouco mais de um mês depois que o governo norte-americano fechou um acordo com o México para evitar a imposição de tarifas sobre produtos importados para o país, exigindo que o governo mexicano tomasse maiores atitudes para o controle migratório na fronteira com os Estados Unidos.

O governo norte-americano tinha imposto um prazo de 45 dias (a partir da assinatura do acordo) para adotar medidas adicionais contra o México. Este prazo acaba no fim do mês de agosto. Em meados de junho, Trump mostrou a jornalistas um anexo ao seu acordo com o México, mas não forneceu detalhes sobre o conteúdo.