Parlamento seleciona quatro opções de acordo do Brexit para votação

Câmara dos Comuns, no Reino Unido. Foto: UK Parliament/Jessica Taylor

São Paulo – O líder da Câmara dos Comuns, John Bercow, selecionou quatro das oito alternativas ao Brexit – processo de separação do Reino Unido e da União Europeia (UE) para serem votadas nesta tarde.

A opção “C” prevê uma união aduaneira com a UE. A opção “D”, que propõe criar um mercado comum 2.0, a opção “E”, que propõe um voto público de confirmação para qualquer decisão tomada sobre o Brexit serão votadas nesta tarde.

Além delas, a opção “G” prevê a revogação do Artigo 50 ou sua extensão. Este artigo já foi votado anteriormente, e foi apoiado por 184 parlamentares e rejeitado por 293.

Na sexta-feira, o parlamento rejeitou pela terceira vez o acordo proposto pela primeira-ministra britânica Theresa May, e fez com que o artigo 50, que prevê a saída do bloco europeu – fosse adiado para o dia 12 de abril. O parlamento tem duas semanas para propor para a UE uma opção alternativa a um cenário sem acordo, e pedir uma nova e maior extensão do prazo.

Todas as opções são indicativas, e podem ser rejeitadas pelo governo. No
fim de semana, porém, o secretário de Justiça britânico, David Duke, afirmou que o governo deve reconhecer a decisão do parlamento, apesar da Câmara não ter uma proposta “melhor” do que o acordo proposto por May. “Temos que considerar cuidadosamente a vontade do parlamento”, afirmou.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com