Parlamento britânico declara emergência climática após protestos

Por Carolina Pulice

São Paulo – O Parlamento do Reino Unido aprovou a declaração de emergência climática no país, e se tornou o primeiro governo legislativo a realizar tal ação no mundo.

Foto: FreeImages.com/Pawel Jagielski

Por 109 votos a favor, a Câmara dos Comuns aprovou a emergência, que prevê que o país tem somente 12 anos para evitar o aumento de 1,5 graus na temperatura do país. “Segundo relatórios da comunidade científica, aquecimento acima de 1,5 graus representa uma ameaça ao futuro da humanidade”, aponta o texto da câmara legislativa.

A decisão ocorre após uma série de manifestações organizadas pelo grupo Extinction Rebellion (Rebelião da Extinção, em tradução livre), e teve como liderança o partido Trabalhista, de oposição ao governo.

“Nós conseguimos! Graças à pressão do Partido Trabalhista, o Reino Unido se tornou o primeiro país a declarar uma emergência ambiental e climática. Agora é hora de tomar ação para evitar a mudança climática”, disse o partido pelo Twitter.

Entre as soluções propostas estão a de aumentar o uso de energia renováveis, transportes sustentáveis e edifícios que não emitam gás carbônico.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com