Para Otan, Turquia é soberana para escolher sistema de defesa

Secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg. (Foto: Divulgação/Otan)

São Paulo – O secretário-geral da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), Jens Stoltenberg, disse que a Turquia é soberana na escolha de seus sistemas de defesa, mas alertou que o desentendimento entre Ancara e Washington sobre a compra de S-400 russo representa uma situação desafiadora para a Europa.

“É uma decisão nacional a escolha de um sistema de defesa. A situação entre a Turquia e os Estados Unidos está sendo administrada pelos dois governos e não pela Otan. A aliança pode apenas oferecer uma plataforma de diálogo”, afirmou. “Mas não queremos desentendimentos entre os dois
membros da Otan”, acrescentou.

O governo norte-americano suspendeu a exportação de caças F-35 para a Turquia em um momento no qual Ancara acelera os planos de adquirir o sistema de defesa antiaéreo S-400, da Rússia. Ontem, Moscou confirmou que o contrato para a venda do S-400 havia sido assinado.

Segundo Stoltenberg, a Otan, em parceria com a Itália, já enviou sistemas
para reforçar a segurança aérea turca. “Além disso, a França está
negociando o envio de um sistema de defesa aéreo para Turquia”, completou.

AMEAÇA RUSSA NA EUROPA

Sobre as ameças russas na Europa, Stoltenberg defendeu uma abordagem dupla – de diálogo e força. Segundo ele, não há contradição nessa estratégia.

“Para a Otan e seus membros não há contradição entre diálogo e defesa. Precisamos nos manter unidos para conter as ameaças russas na Europa e
um caminho para isso é o diálogo, mas nada impede que usemos nossa capacidade militar também”, afirmou.

Falando em uma coletiva de imprensa em Washington, Stoltenberg voltou a
condenar a ação russa na Ucrânia, afirmando que a anexação da Crimeia
contribui com a desestabilização de toda a Europa.

CONTRIBUIÇÕES A ALIANÇA

O chefe da Otan afirmou ainda que a maioria dos membros da aliança enviaram planos sobre como atingir a meta de contribuição de 2% do Produto Interno Bruto (PIB) e indicou que está confiante de que as promessas serão cumpridas.

“Todos os membros da Otan se comprometeram em investir mais na aliança e espero que todos cumpram com essa promessa. Já estamos vendo um movimento neste sentido”, afirmou Stoltenberg em entrevista coletiva.

Questionado sobre as recentes críticas do presidente norte-americano, Donald Trump, a Alemanha, o chefe da Otan afirmou que o governo alemão está elevando os gastos com defesa. “O orçamento alemão dos últimos anos traz aumentos com defesa”, disse.

Ele aproveitou para fazer um apelo para que todos os membros contribuam mais com a Otan. “Não se trata apenas dos Estados Unidos ou da Alemanha, mas de todos os nossos aliados. Estamos enfrentando um momento desafiador e precisamos de recursos para garantir a segurança da Europa”, acrescentou.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com