Para Lagarde, economia global passa por um momento delicado

Diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde/Foto: Flickr FMI

São Paulo – A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, afirmou que o mundo pode enfrentar uma desaceleração global neste ano, uma vez que a economia global passa por um “momento delicado”.

“Dois anos atrás, 75% da economia global passava por um crescimento. Neste ano, esperamos que 70% experimente uma desaceleração do crescimento. De fato, a economia global está passando por um ‘momento delicado'”, afirmou em conferência na Câmara do Comércio dos Estados Unidos.

Lagarde disse que, apesar disso, não vê uma recessão no curto prazo, e sim um crescimento na segunda metade de 2019 e 2020. “Mas para ser clara: a recuperação esperada no fim deste ano é precária. É vulnerável para riscos
negativos – incluindo incerteza como Brexit [processo de separação do Reino Unido da União Europeia] e débitos em alguns setores e países, além das tensões na política comercial, que mantêm um aspecto de tensão no mercado financeiro”, afirmou.

A diretora afirmou ainda que, as políticas monetárias, a normalização dos principais bancos globais e os estímulos do governo chinês sobre o país podem beneficiar a atividade econômica global.

“Essas respostas políticas apoiam a flexibilização das condições financeiras e o aumento dos fluxos de capital para mercados emergentes, onde as moedas têm uma relação mais forte com o dólar americano”, pontuou.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com