Países europeus apoiam esforços por canais de comércio com Irã

Foto: Divulgação/ Serviço Audiovisual da Comissão Europeia

Por Cristiana Euclydes

São Paulo – Vários países da União Europeia (UE) manifestaram apoio aos esforços da França, Alemanha e Reino Unido para abrir canais de comércio com o Irã, em uma tentativa de salvar o acordo nuclear assinado em 2015 entre Teerã e seis potências globais.

Em comunicado conjunto, a Áustria, a Bélgica, a Finlândia, a Holanda, a Eslovênia, a Espanha e a Suécia afirmaram que atribuem grande importância ao acordo nuclear, um “instrumento fundamental para o regime de não proliferação e um grande contribuidor para a estabilidade na região”.

Segundo a nota, “conscientes das dificuldades em implementar a parte econômica do acordo, estamos trabalhando com a França, Alemanha e Reino Unido, bem como com o Serviço Europeu de Ação Externa e a Comissão Europeia, para estabelecer canais para facilitar o comércio legítimo e operações financeiras com o Irã”, disseram os países.

Uma das principais ferramentas dessas iniciativas é o estabelecimento do Instrumento de Apoio às Trocas Comerciais (Instex, na sigla em inglês), um mecanismo de comércio para permitir transações com o Irã sem a necessidade de fluxos financeiros diretos, e sem violar as sanções norte-americanas. O Instex será tema de uma reunião hoje entre Reino Unido, França, Alemanha, Irã, Russia e China, em Viena.

No ano passado, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, se retirou do acordo nuclear, e reimpôs sanções econômicas ao país. Teerã avisou que vai ultrapassar os limites de reservas de urânio estabelecidos pelo acordo nuclear nos próximos dias, a menos que a Europa ofereça assistência.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com