Otan confirma que gasto de 2% do PIB com defesa permanece

11/07/2018 18:00:34

Por: Carolina Gama / Agência CMA

São Paulo – O secretário-geral da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), Jens Stoltenberg, reafirmou a meta de que os membros da organização gastem 2% de seu Produto Interno Bruto (PIB) com
defesa, após a notícia de que o presidente norte-americano, Donald Trump, teria sugerido que esse objetivo fosse elevado para 4%.

“Precisamos nos concentrar primeiro em atingir a meta de 2%. Por isso meu foco está nesse percentual no momento”, disse Stoltenberg durante entrevista coletiva após o primeiro dia de reuniões da Otan em Bruxelas.

Trump criticou os membros da Otan que não destinam 2% de seu PIB para gastos com defesa, afirmando que os Estados Unidos acabam pagando mais para defender muitos de seus aliados. No entanto, Stoltenberg rebateu essas críticas afirmando que vários membros da aliança estão aumentando suas contribuições.

“Vários membros estão contribuindo com mais de 2% desde 2014. Concordamos em desenvolver planos nacionais para garantir que os países entregarão o que foi prometido e acredito que essa ferramenta é a mais poderosa para que a meta seja atingida”, afirmou Stoltenberg.

O secretário-geral reconheceu que existem diferenças e desacordos entre os membros da aliança, mas afirmou que houve progressos dentro da organização eque a promessa de defesa tem sido cumprida.

Edição: Pâmela Reis (pamela.reis@cma.com.br)

Deixar um comentário